Posts tagged ‘descendentes’

Artigo publicado no jornal A Crítica do dia 06/12

dezembro 9, 2009 at 11:36 am Deixe um comentário

Lei Antifumo, inconstitucional?

dezembro 8, 2009 at 8:20 am Deixe um comentário

Regras de consumo em bares, restaurantes, boates e similares

dezembro 7, 2009 at 8:13 am Deixe um comentário

É tempo de planejar

É tempo de planejar

*Milla Resina de Oliveira

O Ano de 2009 já está no final, é tempo de refletir, analisar os erros, os acertos, rever as conquistas e os resultados do ano que finda. É também, momento de planejar o futuro, planejar as metas e objetivos, definindo estratégias para o ano de 2010.

O Planejamento é um dos itens mais importantes para as Empresas, sejam elas de pequeno ou de grande porte, assim como para a vida pessoal e profissional de todos. Tanto no mundo corporativo como na vida pessoal, não há mais espaço para aventuras, para atitudes sem justificativas, para idéias sem fundamento, ausência de conhecimento e iniciativa para a conquista dos objetivos traçados.

Afinal, quem nunca falou: “Quando eu crescer eu quero ser …(empresário, médico, dentista, ser igual ao pai, ou igual a mãe, ser gente grande)”.

No entanto, para ser e conquistar alguma coisa na vida, primeiro é necessário ter um sonho, um objetivo, uma meta. E nada acontecerá, senão houver uma preparação, sendo necessário tomar algumas atitudes para que esse sonho se torne realidade; ninguém se torna médico sem fazer faculdade, a residência e estudar muito. E assim é com tudo na vida.

Pensar no futuro e planejar-se é importante para saber o que deve ser conquistado e como, exemplificando: O que eu quero e o que tenho que fazer para conquistar o meu objetivo?.

E não há data melhor para fazer o planejamento de uma próxima etapa, do que o final de cada ano, posto que a esperança de um novo amanhecer estão afloradas, onde o pensamento está voltado para o futuro, para possibilidade de iniciar novos estudos, novos cursos, viajar, encontrar amigos, ou seja, refletir sobre o que realmente é importante em nossas vidas.

Para se fazer um bom planejamento, primeiramente se prepare para isso, reflita sobre anseios e sonhos analisando o que realmente quer e o que é capaz de fazer. Depois, vá colocando no papel, meta por meta, e qual a estratégia que será usada para a conquista daquela meta traçada.

Importante observar, para não se decepcionar, que deve fazer parte do planejamento apenas aqueles objetivos realizáveis e que de certa forma há uma motivação para realizar, deixe aqueles sonhos impossíveis de lado na hora de planejar o próximo ano, pense nas coisas que deverão ser feitas.

Depois de traçar os objetivos do próximo ano é importante ter atitude para cumprir passo a passo até o efetivo alcance, não basta escrever em um pedaço de papel, é necessário haver um esforço pessoal para que a conquista seja realizada, pois sem esforço, dedicação e comprometimento, nada na vida acontece.

É natural que durante o ano alguns objetivos mudem um pouco, algumas metas não aconteçam como planejado, mas, quando chegar novamente o final do próximo ano, provavelmente a maior parte dos objetivos traçados durante o ano, com certeza, vão ser alcançados, pois tudo que é planejado de acordo com a realidade, o universo conspira para que dê tudo certo, pois com pensamento positivo, há a motivação para a realização das tarefas certas para alcançar os objetivos certos.

Planeje, faça essa experiência, coloque em uma folha de papel suas metas, como fazê-las, quando fazê-las e porque fazê-las e verá que tudo será mais fácil. Mas lembre-se o planejamento sem esforço e com objetivos impossíveis não passam de um sonho de “quando eu crescer eu quero ser…”, não espere, pois a vida é muito curta para realizarmos todos os nossos sonhos, sem objetivos não chegaremos a lugar algum.

*A autora é Advogada Associada do escritório Resina & Marcon Advogados Associados, Cursa MBA em Controladoria e Gestão Estratégica de Negócios na PUC/SP, Pós-graduada em Direito Tributário pela Rede de Ensino Luiz Flávio Gomes de São Paulo – SP. http://www.resinamarcon.com.br, milla@resinamarcon.com.br

dezembro 4, 2009 at 2:16 pm Deixe um comentário

A Importância do Planejamento Sucessório: Da ordem da vocação hereditária

Dando continuidade ao tema: Importância do Planejamento Sucessório, neste artigo abordaremos a  ordem da vocação hereditária.

A sucessão legítima defere-se conforme as regras estabelecidas no artigo 1829 do Código Civil, na seguinte ordem: a) aos descendentes, em concorrência com o cônjuge sobrevivente (salvo se o regime adotado for o da  comunhão universal, ou de separação obrigatória de bens, ou se no regime de comunhão parcial, o autor da herança não houver deixado bens particulares); b) aos ascendentes, em concorrência com o cônjuge; c) ao cônjuge sobrevivente, d) aos colaterais (aqueles que possuem um ancestral comum, mas que não sejam descendentes, nem ascendentes entre si. Ex: irmãos, os tios, os sobrinhos, os primos-irmãos, os tios-avós e os sobrinhos netos).

(mais…)

junho 25, 2009 at 8:41 am 1 comentário


Bem-vindo

Advogada. Sócia Fundadora do escritório Resina & Marcon Advogados Associados. Mestre em Ciências da Informação-UnB. MBA em Gestão Empresarial FGV. Especialista em Direito Empresarial. Atua nas áreas de Direito Societário. Planejamento Sucessório. Direito do Autor. Palestrante com livros e artigos publicados.

+ info